Por Que o Guia Pathwork® é Anônimo?

O Guia sempre disse que seu nome não importava, afinal, não devemos acreditar em nada, a menos que faça sentido para nós, não importa quem tenha dito. A outra razão para o anonimato do Guia é que, no momento em que a personalidade entra em jogo, a distorção se instala.

Essas distorções derivam de nossa tendência de glorificar, idolatrar e alienar aqueles que consideramos estarem no papel de autoridade. O perigo está ainda em atribuir a verdade a esse ser—não importa se uma pessoa viva ou um espírito desencarnado—em vez de ver a verdade como algo universal que está disponível aqui mesmo, em nossos próprios corações. Então, de uma maneira sutil, pensamos “a verdade vem de fulano de tal”.

Mas eis realidade: as verdades mais altas e mais profundas estão disponíveis em todos os lugares e, portanto, são acessíveis dentro de nós. Portanto, a verdade nunca deveria estar ligada a um único ser.

Como tal, todos esses ensinamentos espirituais são, em essência, uma muleta. Mas até que possamos andar totalmente sozinhos, precisamos deles. Eles nos guiam para encontrar a verdade divina que está escondida por trás de nossas distorções internas – nossa negatividade, nossa cegueira, nossas fraquezas e nossos caminhos destrutivos.

Precisamos aprender a identificar nossas escuridões e transforma-las em luz se quisermos ser compatíveis com o mundo espiritual de Deus. Pois não podemos ir para casa se nossos espíritos não forem claros e limpos.

—Jill Loree

Post navigation