O Processo de Evolução

Há duas teorias no mundo atualmente. O mundo científico diz que o homem evoluiu a partir do peixe, passando pelos estágios de anfíbios e répteis para a fase atual de mamíferos; e eis a raça humana hoje, depois de bilhões de anos de desenvolvimento de vida na Terra. A outra teoria, religiosa, é que Deus criou cada espécie em si mesmo na Terra. Qual delas é a correta?

O Guia: O caminho da evolução esta correto. Veja bem, isso tudo é um processo muito gradual. Você não deve imaginar que tudo se resume a um aparecimento súbito. As formas humanas pré-históricas, pouco a pouco, foram mudando gradualmente para a presente forma humana. Portanto, um ser humano na sua forma atual não apareceu assim de repente. Não. A evolução é um processo muito gradual.

A evolução é um processo que acontece através do mineral, planta, animal inferior, animal superior, ser humano, ser espiritual. Desde a Queda, os seres criados foram divididos em várias partes. Quanto maior a cisão, menor será o desenvolvimento. Quanto maior o desenvolvimento, menor é a divisão do ser original – as partículas da alma se fundem.

Mas há Epírito em todos os seres criados. Porém, há menos substância do espírito nas formas menos desenvolvidas. A este respeito, a ciência esta mais perto da verdade, embora ainda tenha uma interpretação um pouco diferente e deixe de fora muitos ângulos importantes.

Agora, todos vocês sabem que os seres humanos criam o seu mundo espiritual. E na Terra, onde a do mundo de Deus também passou a existir, pela primeira vez, desde a queda, a humanidade passou a ter a oportunidade de aprender, de mudar, de se voltar para Deus e, assim, de criar um mundo melhor para si, tanto na matéria quanto no espírito.

Os seres humanos vão para o mundo espiritual após a morte fisica e, também, durante o sono quando o corpo descansa. Do mundo dos espíritos, a humanidade recebe inspirações e de todos os tipos. É por isso que o desenvolvimento não pode avançar mais rápido – pois, inicialmente, todos os seres encarnados tinham um desenvolvimento tão baixo que eles eram constantemente influenciados por sua própria esfera. Se o mundo de Deus não tivesse agido neste planeta também, não teria havido qualquer diferença entre a esfera da Terra e uma esfera do mundo das trevas.

 

(Palestra do Guia Pathwork #63)

Próxima Página